DASH

by DASH

/
  • Streaming + Download

     

1.
01:38
2.
00:58
3.
01:04
4.
5.
01:10
6.
01:47
7.
01:47
8.
9.

credits

released June 29, 2016

André Andrade - Vocais
Felipe Monteiro - Baixo
Rodrigo Gomes - Guitarra
Sebastian - Bateria/Trompete

Facebook: www.facebook.com/dotartdash/

Gravado por Bernardo Pacheco na Fábrica de Sonhos.
Mixado por Pedro Carvalho.

tags

license

all rights reserved

about

DASH São Paulo, Brazil

contact / help

Contact DASH

Streaming and
Download help

Track Name: Desespero
Desespero.

Sabe, é difícil de entender,
O quanto é triste, quanto me faz esquecer.
Por eu estar tão feliz, parece ser tudo real.
Sinto ter aquilo que eu sempre quis
Mas logo tudo volta ao normal.

Eu não quero que isso acabe.
Eu não quero mais sofrer!

Hoje quem sabe eu não gaste tudo,
quem sabe hoje eu não esqueça toda tristeza do mundo.
Posso estar tão longe de você,
mas hoje eu vou sentir o que eu sentia ao te ver.

E que agora já era.
Track Name: Indignado
Indignado

Preciso de mais tempo pra me convencer.
O que errei, errei. Já não tem o que entender.
Preciso de mais tempo pra poder me convencer,
Agora só me resta tentar esquecer.

Como que não?
Sei que sempre tem alguma solução.
Como não?
Track Name: Homem da caverna
Homem da Caverna

Sera que devo ir atrás, talvez não seja capaz.
Fico parado preocupado, sinto que sou culpado.
O que devo fazer pro meu próprio bem,
além de de sobreviver, se estou acomodado.

De novo deixo pra amanhã o que vou contar,
a todos que me ajudaram e se decepcionaram.
também me decepcionei, saquei seus pretextos.
não sou tão retardado quanto acham que pareço.
De lá até aqui, o que sentiu evoluir?

Antes de se intrometer, saia dessa caverna.
Aqui fora está claro, veja como supera.
Trancado, obsoleto, a cada dia que passa
Isento do desejo que fracassa em casa.
Até quando?

Que a qualquer momento me batera desespero.
O que estou fazendo com todo esse meu tempo?
Parado, já preparado, no seguinte instante calculado.
Prevendo o próximo argumento que será usado.
Até quando mentirei?

Trabalho extenso pra amanhã, se eu preferir enfrentar.
mas no momento combinado estarei acomodado.
E de novo eu deixei, feito seixo a mim mesmo.
Parado, frustrado, sedendo a esmo.

Até quando mentirei para mim mesmo?
Track Name: Autonomia
Autonomia

Me ajude aqui , assim se der
Se quiser ir , sera como quiser.
Como eu já sei que você não quer.
Pode deixar que eu me viro sozinho.
Não vou esperar de alguém, se esse alguém me enrolar.
Pode acontecer muito bem e eu não vou ter a que culpar.

Resta me adaptar!

É sempre assim , assim se der
Se quiser ir , sera como quiser.
Como eu já sei que você não quer.
Ninguém vai te ajudar a ser legal consigo.
Você só é o que é, porque tem com quem contar.
Sua mente é seu melhor amigo,
Realmente quem pode te ajudar
cansei de querer e o que posso optar
se aceitar meu fracasso não me fara descansar
resta me adaptar
Track Name: Paciência
Paciência

Já esta claro , a resposta é esta do seu lado.
Vire-se e verá.
Sente este alívio de notar como está fácil,
Sim é só pensar.

sente que teme agora e nunca saberá,

Ainda poderá questionar
Poderia a qualquer hora, não sei como se sente.
E preciso que me fale, serei singelo se discordar.
Analise a minha ideia, já estou farto de errar, não vê?

Está fácil, a resposta é esta do seu lado.
Vire-se e verá.
não deixe que passe esse momento tão esperado,
é só arriscar.

sente que teme agora e nunca saberá,

Ainda poderá questionar
Poderia a qualquer hora, não sei como se sente.
E preciso que me fale, serei singelo se discordar.
Analise a minha ideia, já estou farto de errar, não vê?

Isso que acha que sabe ainda pode ser, reavaliado por você.
Repara, como esta será a chave pra prever.
Track Name: Pra agir
Pra Agir

De mim mesmo espero mais disposição, por favor
Experiência sei que permite ir me de primitivo ao esplendor
Expresso assim incentivo, quem sabe eu me livro do pior
Aqui perto da minha casa existem varias outras pessoas,
A maioria delas evita confusão,
Sofrimento não trás mais do que o próprio sofrimento,
Com o susto no medo, só destrói sua compreensão,
Como em qualquer situação, em que a ação vira opressão,
O que se propaga é a violência, refletirá uma consequência.
Não é legal ter que viver o lado ruim da vida,
Se afinal vivo querendo estar em paz,
E é exatamente o que a dor não trás.

A vida é assim, não adianta se iludir,
Tem que ter um plano "A" na ideia e investir.
A é isso ai, tem que saber ou ser pra rir,
Tem que ter um plano "B" em mente e agir.

Impossível, impulsivo, sucessivo, não que só perde tempo agindo,
Ninguém confia respeito ao sujeito que esta fingindo.
Primeiramente siga liso, na miúda, ainda é difícil,
Se atrasa, treze treta, treme, se sente no oficio,
Triunfa, trinque, traga, faça, troque, mude sua conduta,
Ter prudencia na luta é o que atrai as melhores ajudas,
Ter sinceridade e caráter, eficácia da sua parte,
Truta, se seguir consciente verá que nunca é tarde.
Insista constantemente que é na pratica que se aprende,
Então tente fielmente, analise e compreende.
Não ta fácil e é pra muita gente, isto já esta mais do que evidente,
É inútil achar que é sorte, seja forte, levante e siga em frente.
Track Name: Entretenimento
Entretenimento

Por que sinto que quero morrer?
Por que não consigo me entreter?
Não acho que assim que quero viver,
Acho que eu não sei como eu vou fazer.
Não é assim que tem que ser,
Não é assim que quero me ver,
Não é desse prazer que meu corpo precisa,
Mas ele não quer me obedecer

Destruindo, destruindo concepção,
Amealhando depressão.
Motivação, aquelas ideias,
Todos aqueles planos onde estão?

Não é assim que tem que ser,
Não é assim que quero me ver,
Não é desse prazer que meu corpo precisa,
Mas ele não quer me obedecer

Destruindo, destruindo concepção,
Amealhando depressão.
Motivação.
Todos aqueles planos onde estão?
Track Name: Doente depressivo
Doente e Depressivo

Esperto, mesmo sendo esperto, mesmo em vantagem,
Nunca cheguei a esta conclusão, mesmo no auge da idade.
Já sera que esta tarde?
Tantos me aplaudem
Tantos sorriem para mim,
Me dão parabéns por ter chego até aqui,
Mas eles não sabem, não sabem como me sinto,
Perdi minha vida inteira por conta disso,
Agora claramente doente e depressivo.
Nesse momento aqui bêbado por ai sozinho.

Morrerei como mais um, sem ter mudado nada.
Não vou ser lembrado, por ter feito o que gostava
Sou o orgulho da família,
Sou o que meu pai me mandou ser,
Tenho uma tragédia de vida,
E todo esse exemplo a perder.

Eu não sei que dom eu tenho,
Se tivesse arriscado, talvez soubesse,
Escutei a voz dos outros,
Você sempre recebe o que merece.
Aquele prédio, o mais alto, trabalhava no ultimo andar.
La ainda esta o meu escritório,
E é de la que irei me jogar.
Perdi minha vida inteira.
Agora claramente doente e depressivo.
Nesse momento aqui bêbado, por ai sozinho.

Tempo.
Dinheiro.
Todo esse tempo preso aqui dentro.